História do Município

por admin publicado 23/01/2017 09h20, última modificação 30/11/2017 07h13

A história do município inicia no século passado, quando era apenas uma simples fazenda com algumas casas de palhas e, daí o nome de “ Taipas”, ou seja, casa de palhas, colocado por um viajante desconhecido que por aqui passava em direção a Bahia.

Taipas era então uma fazenda pertencente aos primeiros emigrantes portugueses representado pelo coronel Joaquim Francisco de Azevedo, nascido em 1.847 e falecido nesta cidade em 1.916. Com o seu falecimento o seu filho José Francisco de Azevedo assumiu a liderança de toda a fazenda com os seus filhos aumentando assim o povoado, conhecido naquela época como a “Princesinha do Sertão”.

Com o falecimento do Sr. José Francisco de Azevedo, assume a liderança o seu filho primogênito Joaquim Francisco de Azevedo, grande político que liderou por 50 anos esse município a época distrito da cidade de Dianópolis. Lamentavelmente não viveu o suficiente para ver a sua terra emancipada em 1.993.

Hoje uma cidade com mais de 2.000 (Dois mil) habitantes e dependente de políticas publicas para que a mesma possa buscar a sua redenção definitiva para os seus filhos, conquistando assim um lugar ao sol, onde educação e a saúde possa ser uma realidade.

Localiza-se a uma latitude 12º11'18" sul e a uma longitude 46º59'19" oeste, estando a uma altitude de 407 metros. Sua população estimada em 2012 era de 2100 habitantes.

A Serra Testa Branca, está localizada a 6 km de Taipas do Tocantins, onde pode fazer trilha, rapel, escalada entre outros esportes.

Festas populares: aniversário da cidade, festa junina, festa do Divino Pai Eterno e festa de Nossa Senhora do Rosário.

Padroeiro: Divino Pai Eterno (7 de julho).

Economia: serviços